Pensamentos / Sentimentos e emoções…

Normalmente eu faço a ceia do Natal e Reveillon em casa, mas este ano optei por viajar com meus filhos.

Faz um tempinho que não ficamos juntinhos por mais tempo, embora que moramos todos juntos, o cotidiano de cada um é muito diferente de um e de outro e com isso acabamos por nos falar rapidamente durante a semana.

Eu os vejo todos os dias… Sabe aquela coisa de mãe, meio que protetora?

Eu já tenha melhorado muito, mas sempre passo pelo quarto deles, diminuo a temperatura do ar condicionado ( como podem dormir com o quarto tão gelado ) puxo o edredom, confiro se os pés estão quentes, dou um beijo na cabeça, abençoo  e só depois vou dormir.

Enquanto morarem comigo será assim, não tem jeito, esses cuidados fazem parte de mim, e sinceramente gosto desse meu lado mãezona italiana.

A última vez que viajamos juntos faz uns quatro anos, de lá para cá, sempre teve um que a agenda estava comprometida e com isso acabava viajando eu e minha filha ou eu e meu filho, agora conseguimos sair os três juntos.

Optamos por viajar nas festas do final de ano, ficaremos uma semana em Lisboa, se Deus quiser fará muito frio( adoramos ) mas vou compartilhar com você a mesa que postei no réveillon de 2015/2016 .

Sempre que vou montar uma mesa, nunca sei como vai acabar.

Normalmente eu defino o tom principal, no caso reveillon, sempre é branco, e depois a segunda ou terceira cor. Escolho algum elemento como tema e a partir dai, vou criando na hora e seja o que Deus quiser.

Sem falsa modéstia costumo apreciar, faço com tanto amor que dificilmente não ficaria bom, porque onde o amor se faz presente, tudo que não estiver em sintonia com o amor  se faz ausente.

Minhas mesas não seguem o rigor da etiqueta, eu costumo brincar até com a posição dos copos( as vezes sou obrigada a brincar com eles porque uso muitos elementos e fica apertadinho ) ai crio novas formas de posiciona-los.

Anos passado eu montei a mesa do réveillon pensando em leveza e para isso eu escolhi pássaros como mote central. Depois fiz uma mistura daquelas com estrela do mar, rosas brancas, rosas lilás, sal grosso, pérolas, suspiro, velas e mosquitinho, caramujo e até o espirito santo teve seu lugar e lugar de destaque, que foi os porta guarda-napo.

Porta-guardanapo que não era porta-guardanapo, eu havia encomendado uma quantidade de pingentes com o espirito santo para presentear algumas pessoas no final de ano, e como sou um pouco exagerada, acabei encomendando uma quantia a mais, sempre pensando: “vá que eu esqueça de alguém “? Não esqueci de ninguém, dificilmente esqueço, mas sabe aquela coisa de precaução ? Por ai…

Com isso, fiquei com um numero que deu certinho para eu usar como porta-guardanapo e ai esta para para sua apreciação.

Espero que você goste.

Um abraço

Isolda

imagem-destacada

2

3

4

5

6

8

9

7

 

Isolda Risso
Isolda Risso

Mãe, Empresária, Cronista, Coach de Vida , Design de moda e acessórios, observadora do comportamento humano. Um Ser humano mutável e processo de evolução !

Sem Comentários Ainda

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado.