Alegria

Existe um conceito distorcido da alegria. É comum confundir alegria com festas barulhentas, risos e euforia.

A alegria se inicia quando tomamos as rédeas  da nossa vida, quando nos responsabilizamos por nós mesmos e elegemos atitudes que nos faz mais autoconfiantes. A alegria é um estado de contentamento com a vida, ela favorece uma boa saúde, nos faz jovial, expande o bem estar, da prazer, aumenta a eficiência, a produtividade, nos fortalece e nos prepara para os desafios da vida. Cultivar a alegria é um ato de amor por si mesmo.

Isolda Risso

COMPARTILHAR
Artigo anteriorA arte de engolir sapos…

Deixe um comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here